MODA DE AUTOR • NINO DE BARROS

A arte tem de estar aberta à fruição.” – Nino de Barros

Com apenas 20 anos, Nino de Barros já tem, curiosamente, um pot-pourri de ótimos trabalhos para escrever a sua história. Mineiro de Caratinga, transferiu-se para Juiz de Fora em 2011 e, atualmente, cursa o 5º período de Artes e Design pela UFJF, com intenção de especializar-se em moda.

Da marca Cabalística, projeto iniciado em 2013 e focado em vestuário vintage alternativo, com abordagem dark – e desenvolvido em parceria com seu atual namorado (o artista digital Lucas Nova) e uma amiga -, Nino teve sua primeira experiência profissional em moda. Além disso, lhe serviu, como ele mesmo afirma, como uma incubadora para sua paixão e a real vontade de seguir carreira na área.

Desde o ano passado, Nino realiza experiências e crossovers diversos entre a moda contemporânea e a arte digital, fotografia e audiovisual, lançando mão de plataformas midiáticas e redes sociais para construir o seu discurso. Produz, ainda, alguns trabalhos e estudos envolvendo traduções intersemióticas, como um curta-metragem que assina com Lucas. “cAlor” foi exibido em festivais locais, como o Primeiro Plano, e premiado em um festival de cinema realizado pela UFMT, como melhor curta experimental.

“A vertente digital e a minha relação com a media art, assim como nos experimentos com a glitch art, serão sempre experimentais e baseiam-se na apropriação estética em função das colagens, utilizando da linguagem pela qual tenho interesse e me inspiro.”

Baseado no conto “Desenredo”, de Guimarães Rosa, Nino produziu um livro/editorial, desenvolvido como proposta acadêmica para uma disciplina de moda. Nele, utiliza técnicas de colagem para traduzir a narrativa do tema. “O universo do autor é facilmente vislumbrado em imagens, por isso o trabalho com a fotografia e a produção de moda minuciosa: para conter tantos signos que remetessem à atmosfera do conto.”

Seu projeto mais atual é uma performance, que pretende promover a discussão de gênero por meio de um laboratório. “Faço uma imersão na cultura drag, clubber e em casas noturnas, utilizando meu corpo como uma tela e a própria linguagem dessas atmosferas como suporte, associando-as, diretamente, à performance artística, contrapondo-a com a cultura do entretenimento.”

Nino conta que a reação do público às performances e à sua interação não é o seu objetivo, mas inevitavelmente alimenta e valida seu trabalho artístico. “Faço pela oportunidade de utilizar a linguagem da moda, minhas referências e gosto pessoal para criar algo em que utilizo meu próprio corpo como suporte. Não espero, necessariamente, o entendimento do público diante das ‘montações’. Afinal, a arte tem de estar aberta à fruição”, conclui.

Vai lá >> facebook.com/ninombarros

FICHA TÉCNICA

CALOR

 vimeo.com/lucasnova/calor

URBAN NOMAD

Fotografia/Edição: Lucas Nova

Produção/Modelo: Nino de Barros

DESENREDO

Fotografia/Tratamento de Imagem: Lucas Nova

Tradução Intersemiótica/Produção/Colagem: Nino de Barros

WEB COLAGENS [collages]

Nino de Barros

COSMIC QUEEN

Fotografia: Lucas Nova

Colagem/Maiô (Constellation Body) /Colar (Neck Corset): Nino de Barros