F. INDICA – “OLHARES IMERSOS”

2014-12-11 04.58.42 pm

©Humberto Nicoline

Estreia hoje “Olhares imersos”, exposição fotográfica de Humberto Nicoline, às 20h, no Museu de Arte Murilo Mendes (Mamm) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Com curadoria de Nina Mello, a exposição reúne 80 imagens, sendo 75 inéditas, em preto e branco e captação analógica, de pessoas, lugares, animais e crianças, em situações tenras, inusitadas, de espanto e beleza em diversos lugares do Brasil e do mundo. Tiradas, em muitos casos, no intervalo entre a cobertura de uma pauta e outra – Nicoline tem experiência de mais 30 anos como fotojornalista – as obras revelam a necessidade da competência técnica e artística para o registro do momento, necessidade essa que justifica o nome da exposição.

“Quando as câmeras eram analógicas o custo do processo fotográfico era muito alto: filmes, produtos químicos, manutenção do laboratório, cópias e o arquivamento dos negativos. Isso obrigava o fotógrafo a pensar muito antes de acionar o disparador. E mais: a fotometragem e o foco eram manuais, o que exigia mais habilidade e concentração. Era preciso estar mais imerso, absorto mergulhado naquilo que estava registrando. A imersão na situação fotográfica antecipava a imersão dos banhos químicos da revelação”, explica Nicoline.

 “Olhares imersos” é resultado da obsessão do fotojornalista de registrar episódios marcantes que, muitas vezes, poderiam passar despercebidos. “Sempre tive o hábito de carregar uma máquina fotográfica, com pelo menos duas objetivas, por onde ando. De forma compulsiva, venho registrando e arquivando estes fotogramas desde 1981, quando comecei a trabalhar profissionalmente em jornais. Em 2003, quando substituí as câmeras analógicas pelas de captação digital, decidi guardar os fotogramas, sem ter a pretensão de um dia promover uma exposição. São imagens captadas nas beiras de estradas, janelas dos automóveis, nas chegadas e partidas de tantos lugares que jamais imaginei ver, sentir, cheirar, degustar, dialogar e, principalmente, ter a oportunidade de fotografar.”

O Mamm fica localizado na rua Rua Benjamin Constant 790, no Centro da cidade. A exposição pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 9h às 18h; e sábados, domingos e feriados, das 13h às 18h.
Outras informações: (32) 3229-7650 (Mamm-UFJF)