ALÉM DA POESIA

Uma das coisas que sempre me chamaram a atenção nos trabalhos assinados por Maria Toscano é a delicadeza das suas imagens, de como trabalha a atmosfera de cada shooting e os seus personagens. Seria um clichê nem um pouco digno da sua criatividade dizer que ali há poesia, pois sim que há, mas a questão é bem maior do que essa.

A fotógrafa, que é formada em artes pela UFJF, cursou fotografia na Central Saint Martins de Londres e na London School of  Photography. Currículo à parte, o resultado de cada trabalho fala do talento de Maria por si. Destaco alguns de seus últimos ensaios, parcerias entre criadores e stylists também de Juiz de Fora: “Por trás da existência”, “Abismo Profundo”, “Gaia” e “Zona de Penumbra”. Algumas imagens:

Em cada um, Maria se reinventa, lançando mão de diferentes técnicas e recursos para ajudar a apresentar o seu discurso. Projeções de imagens, luz e sombra e sobreposições, mostram o que eu dizia sobre o seu trabalho ir além da poesia.

Conversei com a fotógrafa sobre o seu último shooting, “Gaia”, para a Kaya T-Shirts. Ela me contou:

Sobre a técnica

“Trabalhei com a técnica de dupla exposição. Eu sempre gostei muito, principalmente quando feitas por câmeras analógicas. Sempre fui do digital e há pouco tempo descobri que a minha câmera faz isso!”

Sobre a estética

“A Eveline (Mendes, stylist e proprietária da Kaya) sempre me dá muita liberdade para trabalhar, além da afinidade estética, o que faz com que o trabalho flua perfeitamente.”

Sobre a modelo

“A modelo das fotos é uma atriz, o que foi maravilhoso. Elas são mais desprendidas, tem uma consciência corporal absurda! Muitas modelos querem apenas ficar lindas e sensuais o tempo inteiro.”

Sobre fotografia e arte

“Com certeza penso que a fotografia é uma forma de arte também. E quando temos um cliente que nos permite criar, o trabalho fica muito mais rico.”

Para conhecer mais:

http://www.mariatoscano.com.br