RESUMO DE BEAUTÉ: LFW F/W2013

Apesar de menos rica que a temporada americana em termos de beleza, a LFW vale o registro por algumas boas surpresas apresentadas na passarela. Ao ver as imagens, continuo sentindo uma vontade bem grande dos beauty artists de dar um plus na make arroz com feijão – ou seja, renovar os básicos e aplicar os elaborados de um jeito usável. Está dando certo, não?

Mais uma vez, destaco o marrom em ocasiões bem diferentes, completando o quadro extenso de sugestões mostradas na NYFW. Primeiro, com Jonathan Saunders, num esfumado simples, iluminado, muito sutil, que termina num traço mais sutil ainda no delineado, em tom mais escuro. Quase imperceptível, cata o zoom.

Jonathan Saunders

Jonathan Saunders

Em seguida, TomFord, que homenageou o estilo adotado, há anos, pela editora Carine Roitfeld – flertando com ele nos looks, inclusive. A cor envolveu todo o olho, fazendo par com o lápis preto, num esfumado diferente e com um quê de elegância.

Tom Ford

Tom Ford

Ainda nos básicos, as possibilidades de uso do bom e velho preto parecem inesgotáveis. Dessa vez, a cor apareceu glossificada no chapadão de Moschino Cheap & Chic, e delineando o côncavo em linha reta, na altura da ponta da sobrancelha, na Preen.

Moschino Cheap&Chic

Moschino Cheap&Chic

Preen

Preen

 

Mas o que me chamou a atenção mesmo foi a sutileza dos brilhos, através dos borrados de glitter. Algo tão simples e tão diferenciador. As inspirações vêm da Clements Ribeiro (no côncavo), Eudon Choi (acima do côncavo, bem despojado, lindeza!) e House of Holland (concentrado no canto interno). Incrível como só esse detalhe e uma pele iluminada são eficientes no conjunto.

Clements Ribeiro

Clements Ribeiro

Eudon Choi

Eudon Choi

House of Holland

House of Holland

Para brincar um pouco, produções teatrais de Jean-Pierre Braganza, com chapado metalizado; Louise Gray, com desenhos em conjunto com os cílios inferiores e na boca; e Aminaka Wilmonte, que veio com esfumado nas extremidades e detalhe no canto interno do olho.

Jean-Pierre Braganza

Jean-Pierre Braganza

Louise Gray

Louise Gray

Aminaka Wilmont

Aminaka Wilmont

E, finalmente, um exemplo ideal de make nada, simples e saudável, veio da Burberry – sempre neutra, mas especialmente iluminada.

Burberry Prorsum

Burberry Prorsum

Para os cabelos, opções variadas de coque: com cabelo solto (Jean-Pierre Braganza), desfiadíssimo com mechas coloridas (Moschino Cheap & Chic) e com redinha fofa (Temperley London). E essa ideia de onda suaves (Jonathan Saunders) deixa a tendência do cabelo curto ainda mais charmosa, né?

HAIR

Lembrando que tem looks e mais looks no Pinterest da F. Works e montão de backstage aqui.

Anúncios